Fall in love

Zéfiro

me carregue

pelos ares:

já saltei no abismo de Eros

 

Não por Ares

enlaçado

em gozo interminável,

preso na artesania

das teias

trançadas

pelo ciúme

de Hefesto,

 

nos braços

temíveis,

irresistíveis

dela,

Afrodite,

a deusa

que teve inveja

 

da beleza,

do amor

da mortal,

a mais bela:

Ela:

a que saltou

no abismo

de Eros.

 

Eram muitas

ainda

as provas de amor:

Ao abismo

ela se lançou

sem

poderes

divinos

sem

(humano)

medo.

 

Não havia mais nada a perder.

 

 

Nesse feito

(in

verso)

ignoro

o perigo

de dentro

do meu

precipício.

 

(sou)

rio

apenas.